Ordem de Grandeza | Física | Cronograma ENEM

A Notação científica, além de tornar mais simples a escrita de números muito grandes ou pequenos, facilita também o uso de prefixos que dão nome às potências de 10.

Entre as unidades de base do Sistema Internacional, a unidade de massa é a única cujo nome, por motivos históricos, contém um prefixo. Os nomes dos múltiplos e dos submúltiplos decimais da unidade de massa são formados pelo acréscimo dos prefixos à palavra “grama”.

Por exemplo: 10-6 kg = 1 miligrama (1 mg), porém nunca 1 microquilograma.

Assim, ao nos referirmos a uma medida expressa em notação científica, podemos substituir a potência de 10 pelo prefixo correspondente. Dois exemplos: o intervalo de tempo de 5 • 10 -9 s pode ser expresso apenas por 5 ns; a potência de 3,0 • 10 6 W pode ser expressa apenas por 3,0 MW. (Essa simplificação, no entanto, não é conveniente em cálculos; nesses casos, deve ser usada a notação científica com a potência de 10.)

Há ainda outro modo de nos referirmos a medidas muito grandes ou pequenas: a ordem de grandeza. Ordem de Grandeza é uma estimativa do valor da grandeza expressa por meio da potência de 10 mais próxima do valor dessa grandeza em notação científica. Por exemplo: se 1,5 • 10 11 m é a distância média da Terra ao Sol, a ordem de grandeza dessa distância é 10 11, porque essa é a potência de 10 mais próxima dessa medida. Já a ordem de grandeza do raio médio da Terra, em metros, é 10 7, porque essa é a potência de 10 mais próximo da medida desse raio, 6,4 • 10 6 m. Em síntese, para expressar a ordem de grandeza de uma medida, é preciso conhecer (ou exprimir) seu valor em notação científica e adotar a potência de 10 mais próximo desse valor.

 

Clique aqui para baixar o resumo .pdf

Clique para baixar o Mapa Mental

Clique para assistir a vídeo-aula