10 coisas que você DEVE FAZER para garantir boa nota no Enem 2018

Quer garantir as suas chances de conseguir uma boa nota no Enem 2013? Não basta estudar. Confira 10 dicas simples e eficientes que você DEVE SEGUIR para garantir boa nota no Enem 2018.

 

Segundo o psicólogo e autor do livro “Concursos – Faça sem Medo”Fernando Elias José, é importante que o aluno olhe para trás e perceba que está devidamente preparado por conta dos seus estudos anteriores. Portanto, se você quer garantir as suas chances de conseguir uma boa nota no Enem e ingressar na faculdade dos seus sonhos, confira 10 dicas para você arrasar no Enem 2018:

 

 

 

1 – Não mude seus hábitos dias antes da prova
Segundo o psicólogo Fernando Elias José, “o hábito é uma coisa que você repete todos os dias. Por esse motivo, qualquer coisa que faça com que você saia da rotina, podendo ser um imprevisto ou uma alimentação diferenciada, pode aumentar o seu nível de estresse”. Por isso, não mude os seus hábitos dias antes da prova.

 

 

 

2 – Ignore a agitação externa
Essa dica é válida tanto para o seu momento de estudos quanto para o dia da prova. A agitação externa é qualquer barulho que faça com que você se distraia, como conversas e barulhos nos corredores. É importante, portanto, estar totalmente direcionado na sua prova e focado nos seus objetivos. Não dê ouvidos para a agitação externa e concentre-se.

 

 

 

3 – Concentre-se nos seus pensamentos e crenças positivas
Os pensamentos positivos na hora de fazer o Enem 2018 são criados ao longo dos seus estudos. Pense em quanto você estudou e se preparou para esse momento. Você vai perceber que adquiriu o conhecimento necessário e se sentir muito mais confiante. E mais: vale até levar aquela sua caneta ou colar da sorte. Segundo o psicólogo, “as pessoas criam algumas crenças que ajudam elas na hora da prova”.

 

 

 

4 – Não se autoavalie
Você deve se dar conta de que é a prova que vai avaliar você, e não o contrário. Ainda segundo o profissional, “nem sempre a resposta que o aluno imagina ser a mais correta vai estar entre as alternativas porque não é o estudante que está avaliando, e sim sendo avaliado”. Por isso, não fique criticando o seu desempenho em cada questão. Faça o seu melhor e deixe que a nota fale por você.

 

 

 

5 – Evite pensamentos negativos
Os pensamentos mais comuns na hora da prova, para Fernando José, são “eu não vou passar”, “não vou conseguir terminar a prova” e “isso não é para mim”. Esse tipo de pensamento faz com que você se sinta desmotivado a dar o seu melhor no exame. Mais uma vez, é preciso lembrar-se de toda a sua trajetória até o momento da prova. Você estudou e está preparado para responder as questões.

 

 

 

6 – Permita-se fazer uma boa prova
Permitir-se fazer uma boa prova é ter a consciência de que você fez o melhor que podia independente das cobranças externas. O psicólogo recomenda que o aluno valorize o caminho que fez até ali e olhe no espelho para ver todo o conhecimento que foi adquirido. Confie no seu próprio potencial.

 

 

 

7 – Seja confiante, mas não tão confiante
A confiança é uma área perigosa. Se você estiver confiante demais, você vai automaticamente acreditar que não precisa se esforçar muito para realizar a prova, o que pode prejudicar a sua nota. “O aluno deve confiar na sua capacidade, mas respeitar a prova. Ele deve saber que estudou e se esforçar para conseguir uma boa nota, e não resolver as questões como se já tivesse passado”, recomenda o profissional.

 

 

8 – Não se compare com os seus colegas
Não existe forma de saber quem está mais bem preparado para o Enem entre os seus colegas. Segundo Fernando José, “os estudantes sempre acham que a grama do vizinho é mais verde que a deles. Ele não deve se preocupar com os seus colegas ou com as pessoas que estão na sala do exame, e sim acreditar no seu potencial e valorizar a própria grama.”

 

 

9 – Respire
A agitação interna vai ser tão intensa quanto a agitação externa no momento da prova. Para se acalmar, uma boa dica é fazer exercícios respiratórios. A dica do psicólogo é puxar o ar pelo nariz e soltar lentamente pela boca até que ele se sinta mais tranquilo. “Isso vai fazer com que a respiração fique mais longa e os batimentos cardíacos abaixem fazendo com que o aluno se sinta menos ansioso”, afirma.

 

 

10 – Não se dê por derrotado
É comum se deparar com uma questão que você não sabe responder e sentir-se desmotivado com isso. Porém, é importante que você não se dê por derrotado e continue dando o seu melhor no exame. Se não souber responder uma determinada questão, passe para a próxima e tente novamente no final da prova.