Acentuación

Acentuación

O acento é a maior força de uma determinada sílaba ao pronunciar uma palavra. Ele pode ocorrer na última sílaba (aguda), na penúltima (grave), na antepenúltima (esdrújula) ou na anterior à antepenúltima (sobresdrújula).

Na língua espanhola só existe um acento gráfico (la tilde) que se coloca sobre a vogal da sílaba tônica.

Oxítonas (agudas)

São acentuadas as palavras terminadas em vogal, n ou s.

Exemplos: león, café, sofá, dominó, quizás,…

Paroxítonas (graves)

São acentuadas as palavras terminadas em consoante, EXCETO n e s.

Exemplos: árbol, tórax,…

Proparoxítonas (esdrújulas)

Todas são acentuadas.

Exemplos: oxígeno, análisis, ejército,…

“Super proparoxítonas” (sobresdrújulas)

Todas são acentuadas.

Exemplos: explíquemela, cómpratelo,…

Obs.: são verbos no imperativo + pronome.

Regra do hiato (Regla del hiato)

Esta regra tem por ordem acentuar as palavras que formam um hiato, que é a separação de uma vogal forte e de uma vogal fraca. Neste caso, colocamos um acento na vogal fraca para assinalar a sílaba tônica da palavra.

Vogais fortes: A, E e O.

Vogais fracas: I e U.

Exemplos: todaví a (ainda), dí a, frí o, analogí a, tecnologí a, ba ú, garú a (garoa), pa ís, grú a (guincho), ma íz (milho), continú a,…

Heterotônicos

São palavras que possuem a mesma grafia do português, ou semelhante, mas que a sílaba tônica se desloca.

Português 

academia

hidrogênio

nostalgia

elogio

cérebro

aristocrata

nível

Espanhol

academia

hidrógeno

nostalgia

elogio

cerebro

aristócrata

nivel…

Letras y Signos

O Alfabeto espanhol possui 27 letras, que são femininas:

A – a
B –  be
C –  ce
D –  de
E –  e
F – efe
G –  ge
H – hache
I –  i
J –  jota
K –  ka
L –  ele
M –  eme
N –  ene
Ñ –  eñe
O –  o
P –  pe
Q – cu
R –  erre
S – ese
T –  te
U –  u
V –  uve
W –  uve doble
X –  equis
Y –  ye
Z –  zeta

A letra Ñ (eñe) não existe na língua portuguesa. Seu som corresponde ao do dígrafo NH.

España – Espanha

uña – unha

Em espanhol não existe Ç. A maioria das palavras que em português são escritas com Ç, em espanhol se escrevem com Z.

coração – corazón

cabeça – cabeza

Exercícios

1) UEMG – In the sentence “All over the globe are historical mysteries left to us by the ancient world”, the word “us” is

a) a personal subject pronoun.

b) a personal object pronoun.

c) a possessive adjective pronoun.

d) none of the above.

2) ENEM 2019

If children live with criticism, they learn to condemn.

If children live with fear, they learn to be apprehensive.

If children live with pity, they learn to feel sorry for themselves.

If children live with ridicule, they learn to feel shy.

If children live with tolerance, they learn patience.

If children live with praise, they learn appreciation.

If children live with acceptance, they learn to love.

If children live with approval, they learn to like themselves

If children live with recognition, they learn it is good to have a goal.

If children live with sharing, they learn generosity.

If children live with fairness, they learn justice

If children live with kindness and consideration, they learn respect.

If children live with friendliness, they learn the world is a nice place in which to live.

NOLTE, D. L. Disponível em: www.americanfamilytraditions.com. Acesso em: 30 jul. 2012.

Valores culturais de um povo revelam sua forma de ser, agir e pensar. Na concepção da autora, as diferentes formas de educar crianças nos Estados Unidos confirmam que as crianças

Alternativas:

a) temem quem as amedronta.

b) aprendem com o que vivem.

c) amam aqueles que as aceitam.

d) são gentis quando respeitadas.

e) ridicularizam quem as intimida.

RESPOSTAS

1) Letra B

a) ERRADA. A alternativa a) está errada pois os personal subject pronouns (pronomes sujeitos), também chamados de subject pronouns, são os seguintes: I (eu), you (você/vocês), he (ele), she (ela), it (usado para fazer referência a coisas, animais, objetos, lugares, etc.), we (nós) e they (eles/elas).

b) CORRETA. A palavra us é um personal object pronoun (pronome objeto pessoal), como indica a alternativa b). Na frase, ele funciona como objeto da preposição to.

c) ERRADA. A alternativa c) está errada pois os possessive adjective pronouns (pronomes adjetivos possessivos) são os seguintes: my (meu, minha, meus, minhas), your (seu, sua, seus, suas), his (dele), her (dela), its (dele, dela – usado para fazer referência a coisas, animais, objetos, lugares, etc.), our (nosso, nossa, nossos, nossas), their (deles, delas).

d) ERRADA. A alternativa d) passa a ser inválida a partir do momento em que a letra b) é a resposta correta.

2) Letra B

Os valores culturais de um povo demonstram a forma de ser, agir e pensar de um povo. De forma que a concepção da autora do texto exposto no enunciado da questão, descreve as mais diversificadas maneiras de se educar as crianças nos Estados Unidos.

Considerando essas diferentes maneiras de alcançar a educação das crianças nos Estados Unidos, é possível confirmar que as crianças aprendem com o que vivem. Tal fato pode ser percebido em todo o texto.

Como é cobrado?

A prova de inglês do Enem tem exigido dos candidatos cada vez mais afinidade com o idioma. Foi-se o tempo em que bastava decorar algumas regras de gramática e saber um mínimo de palavras para garantir uma boa nota.

O estudante que quiser se dar bem nessa prova hoje precisa ter um bom nível de vocabulário e altíssima capacidade de interpretação. As questões, em geral, estão vindo com um grau médio de complexidade e mesclam notícias jornalísticas, trechos de obras literárias, quadrinhos, imagens, etc.

Quem optar pela prova de inglês no ato da inscrição do Enem precisa estar bem consciente da escolha. Depois não tem mais como mudar!

A prova de inglês do Enem

A prova de inglês do Enem tem cinco questões. A grande maioria delas é de interpretação de texto e exige do candidato um bom conhecimento da língua para conseguir acertar as respostas.

Como nos anos anteriores, o Enem tem trazido questões que demandam atenção aos detalhes, vocabulário amplo e visão de mundo. Esse padrão deve continuar a vigorar pelos próximos anos, inclusive.

O Ministério da Educação está mais interessado em saber qual é a real capacidade dos estudantes em ler e interpretar um texto em inglês corretamente. Por isso aquelas questões clássicas e simples, abordando apenas o uso do passado imperfeito ou como se escreve determinada palavra, não devem mais aparecer.

Isso não significa que gramática e ortografia vão perder espaço no Enem, pelo contrário. Elas são mais do que necessárias para o estudante conseguir ler um texto, identificar tempos verbais, pronomes, conjunções, advérbios, substantivos e adjetivos. Fique de olho!

O que cai na prova de inglês do Enem

A prova de inglês acontece no primeiro dia do Enem e está dentro da área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. No mesmo dia, o aluno terá que fazer ainda a prova de Ciências Humanas e a de Redação.

Para saber como estudar para a prova de inglês, é preciso antes entender três itens básicos:

A prova testa sua capacidade de ler e interpretar textos em língua estrangeira.

O Enem quer avaliar seu conhecimento geral, o que você sabe sobre o que acontece no Brasil e no mundo e tem relevância social, política, econômica e cultural.

O Enem quer entender sua capacidade de raciocínio em outra língua.

Por isso, o que cai na prova de inglês do Enem são questões interpretativas, que exigem conhecimento vocabular, atenção aos detalhes, foco e, principalmente, visão de mundo.

Com base em tudo isso, você deve estudar:

Texto: leia livros, revistas, sites, blogs e jornais – tudo em inglês.

Música: ouça músicas que você gosta e faça a tradução das letras. Além de ser útil para expandir o vocabulário, você se diverte e relaxa um bocado!

Poesia: de vez em quando aparece uma questão envolvendo algum poema no Enem. Elas geralmente têm um vocabulário mais requintado e vão exigir mais conhecimento do aluno. Procure alguns poemas famosos e tente identificar as palavras e os sentidos que não são familiares a você.

Gramática: ela não poderia ficar de fora. Mesmo que seja difícil cair alguma questão só sobre isso no Enem, ela é fundamental para o entendimento de um texto. Dê especial atenção a tempos verbais e preposições.

Atualidades: todas as questões abordam temas atuais de interesse social, político, econômico e cultural. Se você está por dentro desses temas, vai ser mais fácil entender o texto apresentado.

Todos os itens acima têm um único objetivo: ampliar o vocabulário e o entendimento da estrutura da língua. Com isso você vai conseguir acertar questões de diferentes níveis no Enem sem ter que passar sufoco ou apelar para o chute.

Economize tempo

As questões de inglês seguem uma estrutura composta de uma introdução (texto, quadrinho, comercial, música, poesia, etc.), um enunciado em português e as cinco alternativas, também em português.

Para economizar tempo, leia antes o enunciado em português e depois siga para o texto em inglês. Isso vai ajudá-lo a chegar na questão já com um foco em mente. Como as demais provas aplicadas no mesmo dia têm questões longas e reflexivas, os poucos minutos economizados nesse processo podem ser vitais.

Mas atenção: é preciso ler o enunciado em português com muita atenção, para não cometer erros ou fazer uma interpretação equivocada.

Tenha conhecimento prévio

Quando se tem conhecimento prévio sobre o tema abordado, fica mais fácil interpretar a questão e chegar à resposta correta mais rapidamente. Para isso, o segredo é ler bastante e manter-se atualizado com os principais acontecimentos do mundo e seu impacto no Brasil.

Resolva as provas anteriores

O site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), instituição responsável pela realização do Enem, mantém um banco de dados com todas as provas do concurso desde 2009. Você pode baixar as últimas edições e resolver uma a uma. Isso ajuda a assimilar a estrutura pedida no exame.

Como é cobrado?

A gente sabe que muita gente opta pelo espanhol por ser uma língua parecida com o português ou por ter pouco domínio do inglês. Independentemente do motivo, não dá para relaxar. É preciso estudar bastante, redobrar a leitura e ficar por dentro do que acontece nos países de língua espanhola.

A prova de espanhol do Enem

A prova de espanhol do Enem acontece sempre no primeiro dia do Exame e vem junto com as 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

São apenas cinco questões. A maioria delas feita para testar o conhecimento instrumental do aluno, ou seja, a capacidade de ler e interpretar corretamente um texto, um quadrinho ou uma situação qualquer.

O que o Enem espera do participante é o seguinte:

– Associar palavras e expressões ao tema da questão.

– Demonstrar que possui familiaridade com informações, tecnologias e culturas estrangeiras.

– Conhecer estruturas linguísticas, sua função e seu uso social.

– Reconhecer a importância da produção estrangeira como representação da diversidade cultural e linguística.

– Traduzindo, o Enem não quer que você simplesmente decore regras de gramática, mas que entenda o que está sendo pedido na questão. Quando não se tem uma leitura atenta, o aluno pode correr o risco de cair em pegadinhas clássicas, como palavras parecidas em espanhol e português que têm significados diferentes, os famosos “falsos cognatos”.

-A maioria das questões da prova de espanhol traz textos e o aluno é desafiado a entender o significado. O enunciado e as cinco opções da questão estão sempre em português, o que pode facilitar um pouco.

O que estudar para a prova de espanhol do Enem

O foco maior das provas de língua estrangeira do Enem é a interpretação de textos. Isso significa que o estudante deve investir bastante tempo em leitura.

O formato do texto varia muito: pode ser um comum, com dois ou três parágrafos, pode ser um quadrinho em língua espanhola (Mafalda, Macanudos, etc.), um comercial, um trecho de obra literária, etc.

Claro, não dá para deixar a gramática de lado, pelo contrário. Conhecer bem os tempos verbais, o uso de pronomes e saber diferenciar palavras idênticas ao português são essenciais para uma boa leitura. Fique de olho também em:

Conjunções

– Advérbios

– Palavras homônimas em espanhol

– Artigos definidos e indefinidos

– Substantivos e adjetivos

– Verbos ser, estar e haver

Jornais em língua espanhola, como o El País, da Espanha, e o Clarín, da Argentina, são uma boa fonte de estudos. Além de trazer ao estudante um forte componente social, político, econômico e cultural dos países hispânicos, são fonte quase certa para alguma questão do Enem.

Outra dica importante: aumente o seu vocabulário o máximo que puder! Quanto mais você conhecer o significado das palavras, mais chances tem de acertar as questões. E o melhor: poderá fazer tudo com mais rapidez.

Ao longo dos últimos anos, a imensa maioria das questões têm sido de interpretação de texto e isso deve permanecer por enquanto. No entanto, já caíram questões de tradução de expressões, poemas e letras de música. Fique atento!

Como se dar bem na prova de espanhol

As questões de espanhol têm geralmente a seguinte estrutura:

– Material em espanhol (texto, quadrinho, comercial, etc.)

– Enunciado em português

Opções de resposta também em português

O importante no Enem é ter foco e ficar atento ao que é pedido. No caso da prova de espanhol, o ideal é quebrar um pouco a sequência lógica da questão. Veja como fazer isso:

– Comece lendo o que pede a questão (o enunciado em português) com muita atenção. Isso vai ajudar você a já ler o texto em espanhol com um foco em mente.

– Leia o texto em espanhol e tente localizar a resposta pedida.

– Procure na lista de alternativas a que melhor se adequa à pergunta e assinale.

– Chegar ao texto principal com um objetivo específico reduz bastante o tempo de assimilação. Leve sempre essa dica com você!

Como estudar para prova de espanhol

O Enem exige dos candidatos que optaram por língua espanhola um bom entendimento de questões políticas, econômicas e sociais envolvendo os países latino-americanos e, em menor grau, a Espanha.

Por isso, é fundamental estar por dentro do contexto desses países – não apenas para a prova de línguas. Podem cair questões sobre esse tema em outras áreas do conhecimento também.

Personal Pronouns

Os personal pronouns, também chamados de pronomes pessoais, são palavras que nos ajudam a indicar pessoas, lugares, objetos, clima etc. Eles são muito comuns na língua inglesa, sendo utilizados constantemente tanto na fala quanto na escrita, já que fazem parte da base da língua.

É importante sabermos que existem dois tipos diferentes de personal pronouns:

subject pronouns (pronomes de sujeito)

object pronouns (pronomes de objeto)

Ambos serão usados de modo diferente e irão aparecer em lugares diferentes da frase.

Abaixo, entenderemos um pouco mais sobre como cada um dos tipos funciona e em que contexto utilizá-los.

Subject pronouns

Os subject pronouns são o tipo de personal pronouns que tem um uso igual ao dos pronomes pessoais retos do Português (para lembrar, pense em exercícios de conjugação verbal, em que usamos esses pronomes, como tu, ele, nós, vós, etc).

O seu nome significa pronomes de sujeito, justamente porque os subject pronouns funcionam como o sujeito da oração, pois praticam a ação verbal (comer, dormir, fazer, etc.). Por isso, eles são muito importantes na formação de frases – e aparecem com muita frequência em exercícios de conjugação verbal em Inglês.

Mas calma. Abaixo, temos uma tabela com todos os subject pronouns e suas respectivas traduções. Você irá tirar de letra todos eles:

Subject Pronoun

I        Eu

You   Você, tu

He     Ele

She   Ela

It       Ele, ela (pronome neutro)

We    Nós

You   Vocês, vós

They Eles, elas

Além da tabela, vejamos, também, algumas observações básicas para não errarmos nunca esses personal pronouns:

Em relação ao pronome “I”, ele sempre deve vir escrito em letra maiúscula, mesmo se aparecer no meio de uma frase.

Em relação ao “you”, tome cuidado, pois ele pode aparecer tanto no singular quanto no plural.

Em relação ao “they”, temos que olhar sempre o contexto da frase, pois ele pode se referir tanto ao gênero feminino quanto ao masculino.

Além disso, precisamos prestar muita atenção no “it”, pois ele é um pronome neutro e só é usado para elementos não humanos, como animais, objetos, lugares, clima, dias da semana, ideias, pensamentos etc.

Agora que você entendeu todos os subject pronouns, vejamos alguns exemplos de seu uso:

This is John. He is my brother. – Esse é o John. Ele é o meu irmão.

It is raining today. – Está chovendo hoje.

You are such a cute couple! – Vocês são um casal tão fofo!

These are my cousins. They are very funny. – Esses são os meus primos. Eles são muito engraçados.

Object pronouns

Os object pronouns são um tipo de personal pronouns, e iguais aos pronomes pessoais oblíquos do Português (como me, mim, comigo, etc).

Além disso, seu nome significa pronomes de objeto, pois eles funcionam como o objeto da oração, ou seja, aquele ou aquilo que sofre a ação verbal feita pelo sujeito.

Eles também são muito comuns na formação de frases, então é importante que consigamos aprendê-los e utilizá-los corretamente.

Abaixo, temos uma tabela com os personal pronouns e suas respectivas traduções:

Object pronouns

Me    Me, mim, comigo

You   Te, ti, lhe, você, contigo

Him  Ele, lhe, o, lo, no

Her   Ela, lhe, a, la, na

It       Ele, ela, lhe, o, a, lo, la, no, na (pronome neutro)

Us     Nós, nos, conosco

You   Vocês, convosco, lhes, los, nos, os, as

Them Eles, elas, os, as, los, las, nos, nas, lhes

É importante notarmos que os object pronouns estão na mesma ordem da tabela dos subject pronouns, e que alguns são até iguais (como “it” e “you”). Portanto, as observações sobre “you”, “it” e a questão do gênero de “they” devem ser considerados aqui também.

Como podemos observar, “it” e “you” são iguais nas duas tabelas, por isso devemos prestar atenção em que posição eles se encontram na frase e qual sua função sintática, para podermos saber se eles são subject ou object pronouns.

Agora que você também já conhece os personal pronouns, vejamos seu uso em alguns exemplos:

Could you ask them to bring me another cup of tea? – Você poderia pedir para eles trazerem outra xícara de chá para mim?

Susie is my sister. Have you met her before? – Susie é a minha irmã. Você já a tinha conhecido antes?

I bought these flowers for you. – Eu comprei essas flores para você.

Who’s that? I think it is John’s brother. – Quem é esse? Acho que é o irmão do John.