Categorias
Redação

O que é?

O desenvolvimento é justamente o “corpo” da redação. É nele que colocaremos nossos argumentos, tomaremos um posicionamento e defenderemos os questionamentos da introdução. Por isso, é muito importante que sua introdução seja bem clara e já traga um pouco daquilo que veremos ao continuar o texto. É como dizem, a primeira impressão é a mais importante, mas o conteúdo é o que garante o interesse.

Para fazer um bom desenvolvimento, precisamos estar cientes daquilo que vamos abordar. Para quem tem dificuldade em escrever e organizar as ideias, uma boa dica é anotar, mesmo que de forma aleatória, todos os questionamentos e pensamentos que lhe ocorrem ao ler o tema. Depois, você pode ir enumerando da forma que quer que apareçam no seu texto e, por fim, ir unindo tudo, aumentando a capacidade dessas ideias, mas sempre com cuidado para não perder o foco, nem deixar as frases desconexas.

Causa – Hipótese – Consequência

O bom é começar o texto expondo as causas e consequências de determinada ação dita no tema. É aqui que você elabora suas hipóteses sobre o assunto, e começa seu processo de argumentação. Geralmente, as causas ficam em um parágrafo e as consequências em outro, mas isso não é regra.

Domínio do assunto

É importante, principalmente em redações de vestibular, deixar claro que você tem conhecimento acerca daquilo que se fala. Exclua achismos, até porque o texto deve ser escrito em terceira pessoa. Nesse momento, você também pode citar falas ou o nome de alguma autoridade que tem posição semelhante a sua. Dados e estatísticas são bem-vindos e enriquecem o texto.

Use situações como exemplo

Exemplificar é fortalecer argumentos. Traga situações reais para o seu texto, que comprovam sua tese. Se o tema falar da falta de saneamento, por exemplo, escreva sobre casos em que essa falta de direitos básicos acabou causando doenças e constrangimentos para pessoas que vivem em lugares assim